enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

02/12/2016 14:35h - Atualizado em 02/12/2016 14:37h

Medidas inconstitucionais

Por *Dep. Federal Rodrigo Pacheco

Diante da repercussão equivocada sobre a votação do projeto anticorrupção na Câmara, tomo a liberdade de me dirigir a vocês para explicar a minha posição.

A essência do projeto das medidas anticorrupção foi aprovada, em especial a criminalização do caixa dois de campanha e o caráter hediondo do crime de corrupção.

Foram rejeitadas outras medidas francamente inconstitucionais e impertinentes, como o prêmio financeiro a quem delata e o fim da prescrição penal.

Por outro lado, a previsão de coibir eventuais abusos de membros do MP e do Judiciário definitivamente não é ideia de quem queira proteger a corrupção, mas de quem pretende combatê-la de acordo com a Constituição Federal e a Lei, aliás, como se deve reprimir todo e qualquer tipo de crime.

Se alguém é contra impor limites a juízes e promotores, evitando que se considerem acima da lei, lamento, mas eu não sou.

Estou na política para fazer o bem e a exerço com absoluto espírito público, com desprendimento e sem buscar vantagens "pessoais”.

Meus votos na Câmara refletem minha consciência e estou tranquilo de que a posição tomada nessa votação tão equivocadamente repercutida foi a melhor para o Estado Democrático de Direito.

Eu não agiria por interesses menores.

*Dep. Federal Rodrigo Pacheco representa Minas Gerais na Câmara dos Deputados e está no seu primeiro mandato