enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

15/11/2016 09:41h - Atualizado em 15/11/2016 10:04h

Maior avião do mundo ocupa área de sete aeronaves em Cumbica

Antonov pousou no Aeroporto de Guarulhos na noite desta segunda (14).

Por G1 São Paulo
O Antonov 225, maior avião do mundo, que está estacionado no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, ocupa uma área que equivale a de sete aviões que aterrissam diariamente no terminal aéreo.
 
“O grande desafio é você conseguir coordenar toda a operação, porque alguns minutos antes tinham dezenas de aviões decolando para vários destinos do mundo e fazer com que essa operação encaixe de uma maneira que não afete essas operações, não cause atraso e nem prejuízo aos passageiros”, afirmou Wilson Souza, gerente do Centro de Controle do aeroporto.
 
A aeronave pousou às 23h38 desta segunda-feira (14) na pista do Aeroporto Internacional de São Paulo sob aplausos. A expectativa pela chegada da aeronave provocou extensas filas de carros e atraiu dezenas de fãs de aviação.
 
O pouso da aeronave estava prevista para ocorrer por volta das 23h30, mas horas antes do pouso, dezenas de pessoas já ocupavam as áreas verdes próximas ao aeroporto ao longo da Rodovia Hélio Smidt.
 
Esta é a segunda vez que o avião vem ao Brasil. A aeronave chegou nesta manhã, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas. A primeira foi em fevereiro de 2010. Depois de passar por São Paulo, a aeronave decolaria em direção ao Chile.
 
O voo para Santiago estava previsto para as 8h desta terça-feira (15), mas vai atrasar. Por volta das 7h40, a aeronave estava sendo carregada com a carga.
 
A decolagem, que estava prevista para as 8h, foi adiada para as 19h30 desta terça-feira (15). Segundo a Gru Airport, concessionária que administra o aeroporto, o atraso ocorre devido a um ajuste no alinhamento do avião com os trilhos que vão conduzir a carga para dentro da aeronave.
Daniel Ramirez e Mateus Campos, à espera do Antonov (Foto: Roney Domingos/G1)
Daniel Ramirez e Mateus Campos, à espera do Antonov (Foto: Roney Domingos/G1)

 

 
Fila e humor
 
Centenas de pessoas se espremiam nesta madrugada para ter uma visão da aeronave no pátio.
Daniel Ramirez e o filho Mateus Campos saíram de Santo André e chegaram ao aeroporto às 16h, e disseram que valeu a pena o esforço. Mateus, de 12 anos, sabe tudo sobre aviação e quer ser piloto quando crescer.
 
O administrador Hamilton Freire saiu de Embu Guaçu e a comissária de bordo Fernanda Branco, de Ribeirão Pires, no ABC. Todos queriam ver o gigante.
 
"Eu sou apaixonada por aviação", diz Fernanda. Ela contou que viu o Antonov em 2010 e agora queria ver de novo. "Se o mundo acabasse hoje e eu pudesse realizar um sonho seria chegar perto do Antonov", afirmou.
Fernanda Branco, comissária de bordo (Foto: Roney Domingos/G1)
Fernanda Branco, comissária de bordo (Foto: Roney Domingos/G1)

 

 
A concentração de carros de fãs do Antonov no acostamento mobilizou equipes da Polícia Militar (PM) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que tentaram evitar o estacionamento às margens da rodovia.
 
Por fim, admiradores estacionaram no gramado e não foram mais incomodados.
Polícia Rodoviária no Aeroporto de Guarulhos (Foto: Roney Domingos/G1)
Polícia Rodoviária no Aeroporto de Guarulhos (Foto: Roney Domingos/G1)

 

 
Para ver o avião, os fãs afundaram os pés no gramado encharcado pela chuva que atingiu a região ao longo do dia e deu trégua durante a noite.
 
“Deixa a gente ver o Antônio, brincou um funcionário da Aeronáutica para os espectadores colados no vidro do aeroporto de Cumbica para ver o Antonov, o maior avião do mundo.
 
O avião realizava operações em Cumbica no início da madrugada desta terça (15).
“Pessoal, o estacionamento vai fechar”, brincava outro, interessado em fazer a fila andar.
 
“Ele abre o bico”, reparava uma menina. “Parece a boca de um tubarão”, comentaram observadores.
 
Estudantes de ciência aeronáutica saíram de Botucatu e chegaram a Cumbica no exato momento em que o avião pousava. “A gente viu ele por fora pela rodovia e viu ele pousando. A gente deu sorte porque teve uma batida na rodovia, então a gente veio bem devagar e chegou no momento em que ele estava pousando”, disse Gabriel Tassi.
 
“É um sonho. Arrepiou no momento do pouso. Foi emocionante para nós”, disse Thalles Coutinho.
Amantes de aviação aguardam pouso do maior avião do mundo no Aeroporto de Guarulhos, SP (Foto: Roney Domingos/G1)
Amantes de aviação aguardam pouso do maior avião do mundo no Aeroporto de Guarulhos, SP (Foto: Roney Domingos/G1)

 

 
Com 84 metros de comprimento, 88 metros de envergadura (distância entre as pontas das asas) e 175 toneladas sem carga e sem combustível, o avião tem capacidade para transportar 250 toneladas de carga em longas distâncias. São seis turbinas e 32 rodas do trem de pouso.
 
Ele vai transportar um gerador de 150 toneladas até Santiago e antes de chegar a Guarulhos, fará uma escala em Campinas para pegar uma peça que servirá de suporte.  Essa é a segunda maior carga a ser transportada na história da aviação, de acordo com a assessoria do aeroporto de Guarulhos.
 
Veja a relação do tamanho do Antonov, o maior avião do mundo, com outras aeronaves (Foto: Arte / G1)
Veja a relação do tamanho do Antonov, o maior avião do mundo, com outras aeronaves (Foto: Arte / G1)