enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

14/10/2016 14:09h - Atualizado em 14/10/2016 14:11h

Departamento de Cultura promove peça ?A Flor de Manacá?

Por Ascom PMP
Flor da Manacá será apresentada em Passos
Flor da Manacá será apresentada em Passos

 

A cidade de Passos vai receber no dia 20 de outubro a comédia musical “A Flor de Manacá”, montagem do grupo Teatro da Pedra, de São João Del Rey, em duas sessões. O evento conta com o apoio do Departamento de Cultura da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel) da Prefeitura de Passos e em ambas as apresentações a entrada será gratuita.

No período da manhã, às 9h30, a apresentação será na Praça CEU, na rua Pratápolis, 1105 (Bairro Coimbras), e o público alvo serão as escolas no entorno do local. Já no período noturno, a apresentação será em frente ao Palácio da Cultura, na Praça Geraldo da Silva Maia, às 20h.

A Secel apoia o evento com a infraestrutura para receber o público: montagem de arquibancada e cadeiras, ponto de energia elétrica, suporte com camarim para os atores e liberação de alvarás para o evento. A peça faz parte do programa Trilha Cultural, do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

O espetáculo de rua é uma adaptação livre da obra homônima, inserida na Coleção Textos de Dramaturgia – Circo Teatro – Cena Minas – Org. J. Silva, e conta a história de Manacá, moça nascida e criada na fazenda do seu pai, o coronel Iluminato.

Ela se apaixona pelo peão honesto Canindé, que é muito diferente do seu companheiro Gavião, que, por ser gatuno, vive arrumando confusões no sertão onde vivem.  Essa história de amor corre perigo quando chega da cidade Sá Carolina, irmã do coronel, sua filha Naná, moça atrevida e atirada, e seu namorado Lulu.

O grupo “Teatro da Pedra”, antiga Cia. Teatral ManiCômicos, é um grupo profissional de teatro que iniciou sua caminhada em 1998 na zona sul da cidade de São Paulo, sob a direção de Juliano Pereira. Formado em artes cênicas pela Universidade de São Paulo, Juliano tem especialização em estudos do movimento, em Londres, e em Commedia dell’Arte, na França.