enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

11/10/2016 09:31h - Atualizado em 12/10/2016 09:55h

PEC 241: 20 anos parados

Por *Carlos Alberto Alves

*Carlos Alberto Alves

O governo de Michel Temer está mostrando a que veio: a título de conter os gastos públicos mandou para o Congresso Nacional aprovar a PEC 241 que, na prática, desmonta a polí­tica pública social no Brasil.

A origem desta politica, aprimorada pelo PT, teve origem na era FHC, e, através dela, milhões de brasileiros sai­ram da linha da pobreza e ingressaram no staff da classe media. E um dado estatistico, mas que significa acesso a mais e melhor alimentação, oportunidade de formação profissional, com acesso a ensino tecnico e superior  conquistas da populaão sob os governos de Lula e Dilma.

Nada estranho de ver o PSDB aprovando a proposta de Temer agora. Nada de estranho de não se estabelecer limites para o pagamento de juros Isso só deixa claro com quem o governo golpista que se apoderou do Brasil tem compromisso.

Por mais retrogado que isto possa parecer, o que se pretende é que os se livraram da pobreza cronica voltem à senzalas e a dependência do Estado se dê em trocas de migalhas desde que permitam a manutenção do status quo, calcada no imperialismo financeiro.

A luz no fim do tunel, que pode significar a locomotiva popular vindo de encontro aos interesses de quem deseja ter a hegemonia do poder, começa ser vista, com a mobilização nas redes sociais para combater a intençãoo exposta logo a primeira á  vista na PEC 241.

Isto põe  em alerta as forças sociais que devem mesmo brigar para evitar que sejam soterradas as conquistas feitas ao longo de tantos anos, com suor e lágrimas e que agora não podem ser liquidadas pela sanha de uma elite que chegou ao poder  pelas portas dos fundos e que querem que o Brasil permaneça parado por pelo menos 20 anos.

*Carlos Alberto Alves é engenheiro civil por formação, e jornalista por opção