enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

10/06/2015 10:41h - Atualizado em 10/06/2015 10:47h

Meio Século Gastronômico em 1 Minuto

Por Ricardo Sá - Wine & Beer Sommelier
•	Ricardo Sá nascido em Barbacena, viveu em Carandaí até a maioridade e sendo sua cidade de coração. Profissional na área de Hospitalidade assinando como Wine e Beer Sommelier do Grupo ABC (www.superabc.com.br), tem em seu curriculum empresas como SENAC Minas e assinatura em projetos como Festival de Gastronomia Internacional de Tiradentes e learning for life Diageo completando neste momento 20 anos de atuação na área.
• Ricardo Sá nascido em Barbacena, viveu em Carandaí até a maioridade e sendo sua cidade de coração. Profissional na área de Hospitalidade assinando como Wine e Beer Sommelier do Grupo ABC (www.superabc.com.br), tem em seu curriculum empresas como SENAC Minas e assinatura em projetos como Festival de Gastronomia Internacional de Tiradentes e learning for life Diageo completando neste momento 20 anos de atuação na área.

 

É com enorme prazer que iniciamos este momento semanal do Correio Vale do Rio Grande, onde estarei em poucas linhas, escrevendo informações sobre a gastronomia Mineira regional a Mundial, buscando com objetividade atualizar  você cliente Financial Cartões sobre tendências, eventos, receitas e ações deste mundo infinito de cores, aromas e sabores.

O mundo da gastronomia vem todo momento aflorar em todos através de criações de última hora por falta de ingredientes na cozinha ou por pedidos de terceiros que compartilham do momento e com isto aguçam a curiosidade sobre novas receitas e combinações resultando em momentos de superação de expectativas.

Durante as décadas de 70 e 80 éramos regidos pelos pratos internacionais e tradicionais com receitas de grandes ícones da cozinha que caso faltasse ou fosse acrescido produtos seria quase um sacrilégio. Porém tivemos na década de 90 o início de uma nova era no mundo gastronômico com profissionais se destacando nacionalmente e com isto criando identidade dando destaque aos produtos da terra para o mundo, fazendo os grandes chefes olharem a terra de Cabral com outros olhos.

Na virada do século tivemos algumas inversões e tendências sobre comidas e bebidas do qual quase deram um nó em nossas cabeças, colocando abaixo tudo que foi ensinado nas cozinhas tradicionais e nas escolas de bebidas em torno do mundo.

Com o momento da gastronomia e coquetelaria molecular tudo que era sólido se tornou liquido e vice-versa, causando novos momentos de descoberta aos degustadores de plantão.

Nos últimos anos estamos com o momento Slow food a flor da pele,  enfatizando o que temos de bom na terra de origem e utilizando estes produtos para releituras de todos os tipos e temperaturas, tamanhos  e a todo momento com inovações. Este retrata o regionalismo criando oportunidades ao homem da terra e a terra orgânica com pequenas plantações e com certificados de origem assinando assim os pratos regionais e internacionais como diferencial.

No ano de 2013 os realitys gastronômicos entraram no gosto do público e colocou toda a família na expectativa de quem será o eliminado da noite  e qual será a próxima receita que irá para a mesa do conviva e que poderá fazer a reclamação da noite, lógico lembramos da Cozinha de Ofélia grande culinarista que se destacou na televisão com pratos da Nona inspirando gerações e hoje todos que possuem uma câmera e tem acesso a internet postam suas criações como grandes Gourmets conseguindo visualizações que chegam a casa de seis zeros com tranquilidade e sendo até convidados a programas de tv dominicais para justificar o sucesso. Para fechar este ciclo em resumo temos o momento do Food Truck que nos lembram as barraquinhas de quermesse e nos fazem esquecer dos talheres e luxo com grandes mise-in-place para o serviço e sim apenas o meio fio da calçada , amigos e comidinhas a serem servidas em rápido tempo e degustadas sem talheres.

Lembro que tudo se passou em meio século e junto com este conjunto de informações nos deparamos com o momento de não termos mais tempo para irmos em casa para fazermos a refeição com a família e temos que escolher o melhor restaurante e mais perto para utilizarmos nosso cartão que hoje encontramos inclusive nas praias para comprar uma casquinha e chegando a grandes eventos e restaurantes premiados com grande facilidade evitando inclusive possíveis furtos ao manter a carteira com dinheiro em espécie.

Hoje deixo então o registro que a história longa se torna algo papável quando nos colocamos a disposição para observar por um minuto tudo que está a nossa volta evidenciando o simples , pois tudo que é bom tem que ser simples e resumo nossa conversa a três palavras que usarei em nossas conversas: Gosto, Bolso e Momento.