enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

25/03/2014 09:33h - Atualizado em 25/03/2014 09:36h

PASSOS PROMOVE DIA DE COMBATE À DENGUE

Por Correio do Vale do Rio Grande
Ataíde participa do Dia de Combate à dengue
Ataíde participa do Dia de Combate à dengue

 

Dando prosseguimento às ações conjuntas de combate à dengue em Passos iniciadas em janeiro, a Prefeitura promoveu no último sábado o “DCD” (Dia de Combate à Dengue), reunindo centenas de estudantes, educadores, entre outras pessoas, na Praça Geraldo da Silva Maia (Praça do Rosário). O objetivo era conscientizar a população sobre os riscos da doença e as formas de combatê-la. Escolas e centros municipais de ensino infantil apresentaram trabalhos artísticos criados por seus alunos, que arrancaram aplausos do público. O prefeito Ataíde Vilela esteve no local e falou sobre os esforços que a Prefeitura vem fazendo para combater a dengue em Passos.

No final uma surpresa, as diretoras escolares receberam em nome das instituições de ensino uma medalha de honra ao mérito pela participação no “DCD”.

Falando ao público, Ataíde conclamou a todos a entrarem definitivamente na “guerra contra a dengue” e pediu ajuda para a cidade vencer essa luta. “Somente com o auxílio da população poderemos diminuir os números desta doença. É dever de cada cidadão retirar de suas propriedades objetos que possam acumular água parada, denunciar locais de risco onde exista o acúmulo de mato ou lixo e nos ajudar nessa grande cruzada contra a dengue”, observou.

O DCD foi realizado por meio de uma parceria entre as secretarias municipais de Educação, Saúde e Obras, Câmara Municipal e Superintendência Regional de Saúde (SRS). O diretor do Departamento de Saúde Coletiva, da Secretaria Municipal de Saúde, Michael Silveira Reis, falou sobre as técnicas utilizadas no combate à dengue, destacou os números da doença em Passos e também pediu ajuda da população. “Somente com a colaboração do povo os números da contaminação vão diminuir”, afirmou.

Segundo o diretor, a Prefeitura vem se esforçando na tentativa de eliminar os nascedouros do mosquito da dengue, promovendo as visitas domiciliares, os mutirões de limpeza e as ações conjuntas com outros órgãos municipais, como as secretarias de Educação e Obras. “Ainda estão sendo encontrados muitos focos de dengue, mas todos esses imóveis estão sendo notificados pelos fiscais de urbanismo e estamos fazendo o tratamento perifocal vetorial. Agora estamos fazendo a força-tarefa nas escolas, com troca de material reciclável por material educacional”, disse Michael Reis.

Esse material educativo é produzido pela equipe de mobilização contra a dengue, formada por profissionais da Secretaria de Saúde (uma bióloga, uma veterinária e um jornalista). São squeezes, tatuagens do mosquito da dengue, dominó, cartilha educativa, entre outros objetos alusivos ao inseto transmissor da doença, numa forma de lembrar os estudantes de que o combate para eliminá-lo deve ser diário.

 No DCD, cada escola e Cemei apresentou, através de seus alunos, trabalhos artísticos criados sob orientação dos professores, com base no trabalho educativo dos mobilizadores da Saúde Coletiva feito nas escolas. “Nossos agentes de mobilizaçãofizeram palestras nas escolas na primeira semana de aula e também nas empresas. E o trabalho continua. Nesta semana teremos diversos eventos, como no dia 27 (próxima quinta-feira), no Colégio Status, em que faremos a troca de material reciclável pelo material educacional, e também haverá uma apresentação do trabalho dos alunos com a equipe de mobilização”, disse o diretor.