enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

28/02/2014 16:18h - Atualizado em 28/02/2014 16:19h

ROLOU NA SEMANA EDIÇÃO 56

Por Correio do Vale do Rio Grande
Dengue
A dengue continua assus-tando. Reuniões e mais reuniões são feitas visando tratar de ações que possam combater a proliferação do mosquito transmissor.  Apesar de todo esforço a incidência não diminui.
 
Colaboração
É muito sentida a falta de colaboração por parte da população, que deixa ambientes favoráveis a proliferação da larva acontecer. Os apelos são muitos, mas os descuidos são igualmente fortes. 
 
Faltando
Por outro lado, fontes fidedignas apontaram que já houve falta de  pelo menos 21 agentes para atuar no combate. Isto é grave, porque quer dizer que 21 mil domicílios deixaram de ser visitados. 
 
Cobertor curto
É a história do cobertor curto. Cobre-se a cabeça e descobre-se os pés. A tendência é que com esta falta de pessoal o número de domicílios que podem ter o mosquito da dengue cresça ainda mais.
 
Inútil
Assim a força tarefa enviada pelo governo acaba sendo inútil, porque não fica muito tempo e quando for embora, sobra um vazio pela falta de agentes em tempo de normalidade.
 
É preciso
De qualquer forma é bom ressaltar que as ações de combate ao mosquito precisam ser feitas de maneira emergencial e aí toda ajuda é bem vinda. O importante é estancar esse  processo desastroso em que se encontra a cidade.
 
Caminhando
O advogado Rodrigo Pacheco, natural de Passos, tem percorrido várias cidades de Minas. Ele é filiado ao PMDB e está postulando no partido uma vaga como candidato a deputado federal.  Esta semana esteve em Poços de Caldas e também em Pará de Minas.
 
Agindo
Já Renato Andrade tenta fazer uso das prerrogativas de deputado federal e articulou a vinda a Passos  de executivos da Linhas Áreas Azul. Eles vieram, ouviram e recomendaram uma série de  melhorias para que, enfim, Passos passa ter voos comerciais.
 
Segurança
O deputado estadual e secretário Cássio Soares participou da entrega de mais 21 viaturas para a Polícia Militar. Pode significar mais gente na rua e pode dar resultado positivo. Esta semana a operação jubileu de ouro mostrou que a presença da polícia na rua dá a sensação importante de segurança.