enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

20/02/2014 15:53h - Atualizado em 20/02/2014 15:55h

ESTADO REALIZA FORÇA TAREFA CONTRA A DENGUE EM PASSOS

Por Assessoria de Comunicação- Deputado Estadual Cássio Soares
Alexandre Silveira - solicitando Força Tarefa dengue
Alexandre Silveira - solicitando Força Tarefa dengue

Terá início na próxima segunda-feira, 24 de fevereiro, uma Força Tarefa do Governo do Estado de Minas Gerais contra a dengue em Passos. A iniciativa tem o intuito de conter o crescente índice de casos de dengue no município e foi solicitada pelo secretário de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, deputado estadual Cássio Soares, no início da semana. O secretário de Estado de Saúde (SES), Alexandre Silveira, acatou a solicitação e irá enviar a equipe de intervenção com as ações de contenção a endemia. Também será doado um veículo Doblò para auxiliar no trabalho da Vigilância Epidemiológica do município.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde, a Força Tarefa atua no município selecionado por um período de 10 a 15 dias, de acordo com a demanda. Equipes de agentes de saúde são deslocadas até os bairros de maior incidência da doença para vistoria, instrução dos moradores e eliminação de focos. Para esse trabalho, é utilizado o “Dengue Móvel”, um caminhão que recolhe os objetos de potenciais focos do mosquito da dengue. Também ocorre a mobilização do comércio, das instituições e órgãos públicos através de conscientização com cartazes e convocação da população a participar do mutirão.

Faz parte da ação do Estado, a montagem de um stand chamado “Dengômetro”, uma tenda destinada à conscientização dos moradores e para tirar dúvidas da população. No local, é possível trocar garrafas pet, latas e pneus - identificados como os maiores focos do mosquito em residências - por óleo de soja, de acordo com a pontuação definida. O mesmo será montado nos quatro últimos dias da operação e a localização será definida em entendimento com a Prefeitura. Além disso, um caminhão transitará pelo município recolhendo materiais que possam ser criadouros do Aedes Aegypt.

“As atividades realizadas pelos agentes de endemias da Força Tarefa são imprescindíveis para frear o avanço da dengue, assim como para a prevenção, uma vez que a equipe é orientada pela função básica de descobrir e eliminar os focos e possíveis criadouros do mosquito.”, afirma Cássio Soares, que solicitou a intervenção no município. “A ação precisa ser rápida. Não podemos esperar mais para agir. Agradeço ao secretário por acolher prontamente a minha reivindicação”, afirmou.

Trabalho

Sem medir esforços, os homens que fazem parte das equipes da Força Tarefa entram nos domicílios e lotes vagos, removem qualquer foco ou entulho que ameace acumular água, tais como lonas plásticas, garrafas pets, pneus e outros, e tratam com larvicida os criadouros não removíveis como cisternas, fossas, tambores, piscinas, etc.

As tarefas dos agentes incluem vistoria minuciosa e orientações aos moradores sobre como devem manter as caixas d’água, tonéis e tambores, ralos, calhas e telhas, pratos e vasos de plantas, lixeiras, bebedouros para animais e todo tipo de objeto depositário de água encontrado nas áreas externas e internas das residências. Também abordam outros temas como os sintomas da doença e as providências médicas e hospitalares que devem ser observadas. Eles ainda orientam a população de que, aos primeiros sintomas, as pessoas devem procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou a Unidade de Saúde da Família (USF), mas nunca se automedicar.