enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

15/10/2013 10:10h - Atualizado em 15/10/2013 10:14h

PREFEITURA AMPLIA LISTA DE MÉDICOS PARA SERVIDORES

Por Ascom Passos
PREFEITURA DE PASSOS MG
PREFEITURA DE PASSOS MG

A Prefeitura de Passos está ampliando a lista de médicos para atendimento aos servidores municipais e seus dependentes. Agora, já são 50 médicos credenciados pelo Serviço de Assistência Médico-Hospitalar do Município. O número de profissionais está aumentando por conta de um novo convênio firmado entre a Prefeitura e a Unimed, que permite a adesão de seus médicos ao plano de saúde municipal.

“Com esse convênio, 11 médicos já aderiram ao Serviço de Assistência Médico-Hospitalar da Prefeitura para os servidores e outros devem aderir no decorrer das próximas semanas. Esse trabalho pela saúde dos servidores nós estamos fazendo desde o início do ano, quando começamos a reformulação desse serviço”, explica o secretário municipal de Administração, Gilberto Lopes Cançado, o Betaca.
De acordo com o supervisor Uvilson Godói, até dezembro do ano passado, apenas cerca de 20 médicos atendiam os servidores municipais. Com a reformulação promovida pelo prefeito Ataíde Vilela, através da Secretaria Municipal de Administração, esse número subiu para 50 profissionais, além de clínicas de diagnóstico, fisioterapia e laboratórios de exames. “Dentro de 30 dias, vamos liberar a lista com os nomes de todos os credenciados”, informa Godói.
O supervisor observa que os servidores e seus dependentes que fazem parte do serviço de assistência em saúde podem marcar consultas ou exames diretamente nos consultórios ou clínicas credenciados e retirar a guia na Prefeitura. “Nós atendemos no 3º andar do prédio da Prefeitura, no horário das 8 às 17 horas. Para ser atendido, o servidor ou seu dependente tem que apresentar a carteirinha do plano”, disse Godói. 
O servidor que não faz parte desse plano de saúde da Prefeitura, e tem interesse em usufruir dos benefícios, basta fazer um requerimento de inclusão no serviço de protocolo da Prefeitura. Ele e seus dependentes terão direito a consultas médicas, exames de saúde e atendimento hospitalar de urgência e emergência na Santa Casa e no hospital São José. A contribuição mensal é de 2% do salário.
O Serviço Médico-Hospitalar da Prefeitura deve ser ampliado mais uma vez nas próximas semanas. O processo de credenciamento de outros 32 médicos está em andamento, segundo Uvilson Godói. “O credenciamento continua aberto para médicos que desejarem atender pela Prefeitura. Nós estamos precisando principalmente de especialistas em neurologia, psiquiatria, urologia e reumatologia”, informa o supervisor.