enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

20/06/2019 10:02h - Atualizado em 20/06/2019 10:06h

Prefeito de Passos se reúne com Governador Romeu Zema

Por Correio do Vale do Rio Grande
 Em Belo Horizonte, o Prefeito Carlos Renato Lima Reis compareceu a 16ª Exposição Brasileira do Agronegócio do Leite, Megaleite 2019. Na ocasião, o mesmo se reuniu com o Governador do Estado, Romeu Zema; o Deputado Federal Emidinho Madeira; os Deputados Estaduais Cássio Soares, e Antônio Carlos Arantes; além do Diretor da Santa Casa de Misericórdia de Passos, José Ronaldo para discutir importantes pautas referentes ao município e região. 
 
Prefeito Renatinho participa de reunião com o governador Zema
Prefeito Renatinho participa de reunião com o governador Zema

 

Na audiência, foi discutida a dívida do estado a Santa Casa de Misericórdia de Passos, que atualmente carece de recursos para continuar atendendo a população e ofertando serviços  como o de  cardiologia no hospital. 
 
Uma vez que, atualmente a cardiologia da instituição não dispõe de recursos para o atendimento emergencial relacionado a dores torácicas, o que vem inviabilizando a realização de cirurgias, e atendimentos eletivos. 
 
Posterior à audiência, o Prefeito Carlos Renato Lima Reis comentou sobre pautas discutidas na mesma ‘’ Este encontro com o Governador do Estado foi de suma importância, para apresenta-lo a situação que a Santa Casa de Misericórdia de Passos enfrenta atualmente, e a importância dos repasses para a mesma, para que assim possamos continuar oferecendo um atendimento de qualidade a nossa população’’ , salientou o Prefeito.
 
Outra pauta discutida no encontro foi à conclusão do projeto de pavimentação da BR- 464, que liga os municípios de São João Batista do Glória e Delfinópolis, uma vez que o projeto está em andamento e a empresa responsável pelo mesmo aguarda apenas o pagamento do governo estadual para concluí-lo. 
 
Na ocasião, também foi solicito que o Estado doe a dita obra ao DNTI (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), visto que o mesmo é um órgão federal, dispondo da concentração de recursos, facilitando assim o andamento das obras.