enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

09/05/2019 13:11h - Atualizado em 09/05/2019 13:26h

Alunos do IFSULDEMINAS protestam contra cortes na educação

Por Maria Alice e Karine Costa
Alunos do IFSULDEMINAS protestam contra cortes
Alunos do IFSULDEMINAS protestam contra cortes

 

Na tarde de ontem (08/045) alunos do Instituto Federal do Sul de Minas – campus Passos realizaram uma manifestação na Praça do Rosário, com o intuito de protestar contra os cortes da educação federal. A manifestação reuniu alunos, professores, pais, vereadores e simpatizantes. O evento contou também com o apoio de professores e alunos da UEMG Passos, que demonstraram solidariedade com os integrantes da instituição Federal.

O corte contra qual os alunos lutam foi anunciado pelo governo federal e ministério da Educação e prevê a redução de 30% na verba de universidades e institutos federais. Durante o ato de ontem, alunos e professores ressaltaram a importância dos institutos na vida de toda a sociedade, além de mostrarem o impacto que isso pode gerar, como falta de alimentação e demissões no campus.

O evento foi todo organizado pelos alunos do ensino médio do IF Passos, para Rodrigo, professor de História é uma sorte grande ter alunos que se movimentem por uma causa como essa.  “Ficamos envaidecidos e emocionados, temos ótimas avaliações do MEC, tanto no ensino médio quanto nos cursos superiores”. Ele apela também para que a população pressione os governantes que elegeram para se posicionem claramente com relação a proposta de corte.

As instituições públicas já sofrem com o corte de verbas há alguns anos, Poliana Fernanda Oliveira, que é advogada e cursa Técnico em Serviço Público fala um pouco sobre isso “Então o que acontece, já é a segunda vez que o Instituto Federal sofre cortes, ao longo dos cinco últimos anos o investimento nas universidades públicas, a educação como um todo, até o ensino de base, caiu drasticamente. E tem  a questão da PEC do gasto público que congela o investimento de saúde e educação por vinte anos. Já temos esse quadro de desaceleração do investimento,  e agora além da perda natural de um ano para o outro ele vem e corta mais 30% fora o último corte que teve.  Vai ser um caos, no IFSULDEMINAS  vai comprometer seriamente a educação, como você faz uma universidade correndo o risco de não ter como pagar água, luz, as despesas básicas do campus, laboratórios, pessoal da limpeza? Não tem como. O instituto não vai durar enquanto houver esses cortes na educação”.

Em pronunciamento, o vereador Teo Lemos parabenizou os alunos pela atitude, e disse que vai lutar e apoiar as causas da educação, reforçou seu posicionamento de que qualquer corte na educação é inadmissível. “Contem com esse vereador e com toda a comissão de educação, de forma alguma nós ficaremos omissos a essa situação, de forma alguma o IFSULDEMINAS será prejudicado por representantes que não conhecem nada de educação”.

Aline Macedo, como representante da comissão de educação também se manifestou, dizendo que está ao lado dos estudantes, que “essa não é uma luta só dos estudantes, mas de toda a população, o IF trouxe desenvolvimento para a Penha e para toda a cidade, só com educação nós podemos mudar a nação”.

Após a concentração na Praça do Rosário, os alunos encerraram caminhando pelas ruas do centro com faixas, cartazes e megafones buscando levar esse ato até os olhos e ouvidos do maior número de pessoas possível. O Instituto Federal é uma instituição que atende pessoas de todas as idades, com ensino médio técnico, cursos técnicos profissionalizantes e cursos de graduação. Se aprovado, o corte trará impactos para alunos, funcionários e pessoas que dependem indiretamente da instituição.

 

 

Alunos do IFSULDEMINAS protestam contra cortes
Slideshow: Iniciar Total de fotos: 5