enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

26/02/2019 11:04h - Atualizado em 26/02/2019 11:11h

Departamento de Transporte recebe denúncias sobre moto-taxistas clandestinos

Por Correio do Vale do Rio Grande
Moto taxis denunciam concorrencia clandestina
Moto taxis denunciam concorrencia clandestina

 

Nos últimos dias, estão sendo feitas  denúncias ao serviço de moto-taxis clandestino no município de Passos.  
 
Segundo a Lei Municipal  n 2.795 de 18 de Janeiro de 2010, os mototaxistas e motofrentistas interessados em exercer o serviço do transporte público individual de passageiros, ou entrega de mercadorias deverão habilitar-se em processo seletivo que será deflagrado pela Administração Municipal, sendo a licença de atuação renovada anualmente, devendo ser apresentada no ato de renovação todos os documentos de verificação das condições do veiculo, e do concessório para a comprovação do preenchimento dos requisitos previstos na legislação de trânsito  e nas normas regulamentares em vigor. 
 
Mesmo estando legalizado, o moto- taxistas precisam se regulamentar,  mantendo em dia as documentações necessárias , além de antecedes criminais, INSS pago, vistoria da moto em dia , para que assim possa receber o alvará de atuação. Toda a vistoria, é realizada no Departamento de Transporte, e após a regularização é entregue  uma carteira, a qual comprova a legalização do profissional. 
 
A Prefeitura de Passos, através das Secretarias de Planejamento e Departamento de Transporte, vem realizando intensas ações para a verificação dos moto-taxistas. Como na tarde hoje uma atuação, contra uma Central que estava fazendo o transporte clandestino abaixo do preço tabelado, a partir de rádio na Avenida Antônio Carlos, onde nosso fiscal fez a operação e atuou um processo administrativo contra a agência. 
 
Todas essas ações são pensadas para a segurança da nossa população, que também podem realizar Denuncias no 3521-5639, sem a necessidade de identificação.
 
Na sessão da Câmra os moto taxistas fizeram a mesma denucncia, Eles também reclamaram de centrais que baixaram o preço da corrida. A reportagem também ouviu sugestõe den colocaçãon de taxinetro nasn motoas e  a simprofocação do decreto que regulamenya a lei que autoriza o fiunconamemto do serviço na cidade. "Lei tem duas págias. O decreo que regfalementa a mesma tem 45", apontou um dos ouvidos pelo site de informação.