enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

26/12/2018 08:11h - Atualizado em 26/12/2018 08:14h

Presídio de Passos inaugura novo pavilhão com 56 vagas

Por Ascom MG
Novo pavilhão é inaugurqado no preidio de Passos
Novo pavilhão é inaugurqado no preidio de Passos

 

O Presídio de Passos, no Sul de Minas, inaugurou um pavilhão para presos do regime semiaberto aumentando em 20% a sua capacidade de ocupação. Uma nova cela foi construída e outra antiga que estava desativada foi reformada gerando mais 56 novas vagas para a unidade prisional.

 

No mesmo local também foi feito um pátio para banho de sol e um parlatório, com capacidade para quatro atendimentos simultâneos de advogados e, também, uma sala para reuniões.

 

O investimento total foi de cerca de R$ 70 mil reais custeados pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que doou R$ 55 mil e o restante do investimento foi pago pelo Conselho de Segurança da Comunidade (Consep) por meio de verbas de multas pecuniárias.

 

Vinte detentos foram responsáveis por erguer o local. Todo o trabalho foi feito por eles, desde a alvenaria até a produção das grades das celas. Uma serralheria foi criada na unidade para produzir os itens de metal.

 

Pelos serviços realizados, eles tiveram o benefício da remição da pena, ou seja, a cada três dias trabalhados, menos um na contagem do tempo de cumprimento da sentença. A obra foi acompanhada por um engenheiro da OAB e teve duração de nove meses, sendo iniciada em março desse ano.

 

Segundo o diretor-geral do presídio, Ulisses de Oliveira Simões, a inauguração foi um ato memorável para a região e rendeu elogios para a unidade, destacando a 18° RISP pelo o trabalho executado. “Com esse novo espaço estaremos proporcionando melhores condições de trabalho para os nossos servidores e ainda possibilitando que os custodiados tenham melhores condições para cumprirem suas penas, além de um local mais digno para o trabalho exercido pelos advogados”.